Notícias

Mesa Redonda sobre e-SCI tirou dúvidas dos profissionais da contabilidade


Data: 16 de setembro de 2021
Fotos:
Créditos: Natália Poliche


Na manhã desta quinta (16), o Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina, com o apoio da FECONTESC, SESCONGF, SESCON SUL, SESCONSC E SESCON BLUMENAU, promoveu a Mesa Redonda com o tema “Tire suas dúvidas sobre e-SCI". O evento tinha como objetivo discutir as dúvidas dos profissionais da contabilidade quanto ao sistema de gerenciamento de Segurança Contra Incêndios (e-SCI) do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina e contou com transmissão ao vivo pelo canal oficial do CRCSC no Youtube.

Os palestrantes da mesa redonda foram Capitão Guilherme Mueller Cesário Pereira, Chefe do Centro de Inovação e Integração Normativa, e Capitão Felipe Daniel da Silva, Gestor de Segurança Contra Incêndio e Pânico do 7º Batalhão de Bombeiro Militar. O Diretor de Segurança Contra Incêndio e Pânico, Tenente Coronel Deivid Nivaldo Vidal, também esteve presente no debate.

O Capitão Felipe Daniel da Silva abriu sua fala explicando o porquê de um novo sistema ter sido criado e qual a sua importância. “Desde de 2020, as Normas de Segurança Contra Incêndios acabaram mudando. Principalmente na questão da liberdade econômica, que é o que os Bombeiros estão querendo. Então, para conseguirmos efetuar os despachos e as liberações de atestados do funcionamento do Corpo de Bombeiros, foi necessária a criação de um novo sistema, que é o e-SCI”, ressaltou.

Em seguida, o Capitão Guilherme Mueller Cesário fez uso da palavra para sanar as dúvidas que foram encaminhadas ao CRCSC previamente e também aquelas que estavam sendo realizadas no site. O capitão apontou que algumas mudanças foram pensadas para que as cidades do litoral não enfrentem tantas dificuldades quando o e-SCI for implantado na região. “Aconteceram algumas situações em que vocês, contadores, tiveram que criar os registros de endereço, o que causou bastante atraso nas solicitações. Isso não vai mais acontecer, porque, na região litorânea, todas as migrações do sistema antigo para o e-SCI serão feitas por militares. Então, os contadores não terão mais essa incumbência. E nas cidades que o funcionamento do novo sistema já está ocorrendo, esses problemas serão diminuídos com um formulário online, que vai ser criado pelo Corpo de Trabalho de Bombeiros e profissionais da contabilidade”, explicou.

O CRCSC representa mais de 21 mil profissionais da contabilidade em todo o estado e ouvir suas demandas, como essas relacionadas ao e-SCI, buscando atendê-las e apresentar soluções para melhorar o dia a dia do exercício da profissão, é uma de suas prioridades.

Para assistir ao evento na íntegra, acesse este link.

Foto
© Copyright 2020 - Direitos reservados